Ausência paterna e adição alcoólica: os elementos que transitam e constituem essa relação

Ausência paterna e adição alcoólica: os elementos que transitam e constituem essa relação

Severo Lopes Da Silva

Resumo


Resumo: Sabemos que a família é, para o sujeito, um lugar de construção da identidade e o seu primeiro ambiente de socialização. Na sociedade ocidental, contemporânea, essa família tem mudado rapidamente e vêm assumindo novas configurações, o que tem suscitado novas relações entre pais, mães e seus filhos. Podemos observar nestas mudanças que cada vez mais os filhos estão crescendo com pouco ou até mesmo nenhum tipo de contato com seus pais. A partir de um levantamento bibliográfico que teve  como fonte de pesquisa livros e artigos,  fez-se uma construção sócio-histórica do papel do pai na família, considerando as repercussões e consequências da presença e da ausência do mesmo na vida familiar, como também, a influência desta ausência no uso abusivo de álcool na fase adulta. Podemos concluir que, a figura paterna emerge como primordial no desenvolvimento da criança e, quando esse se torna ausente, tal ausência pode fazer com que a criança não consiga estabelecer vínculos afetivos e que, os sentimentos suscitados por esta carência de vinculo influenciem na busca pelo abuso de álcool na vida adulta.

Palavras-chaves: Ausência paterna. Família. Relação familiar.  Adição Alcoólica.

Abstrat: We know that family is, for the fellow, a place of identity building and its first environment of socialization. In the contemporary western society, this family has changed promptly and keeps acquiring new settings, which has evoked new relationships between fathers, mothers and their children. We can observe in these changes that children are growing increasingly with little or even without any kind of contact with their parents. As of the conducted bibliographic survey, using books and articles as a source of research it was made a socio-historical construction of the father’s role in the family, considering the repercussions and consequences with the presence and absence of the thereof in the family life, as well as the influence of this absence on abusive alcohol use at the adulthood. We can conclude that the father figure emerges as a key element in the development of the child; that when he is absent, such a situation can result in the child's inability to form emotional bonds and that the feelings aroused by this lack of parent-child attachment can lead to alcohol abuse at the adult stage.

Keywords: Paternal absenc. Family. Familiar relations. Alcoholic addition.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.