Guarda judicial por avós: novas configurações da família contemporânea

Guarda judicial por avós: novas configurações da família contemporânea

Rachel Rezende de Lima

Resumo


O presente artigo tem o objetivo de discorrer sobre as transformações ocorridas na família brasileira contemporânea e como isto está modificando a sua forma de organização, em especial, o episódio dos avós estarem assumindo, não só de fato, como também através da solicitação judicial a responsabilidade da guarda para com seus netos. Trata-se de análise do levantamento bibliográfico realizado nas Plataformas da Scientific Electronic Library Online (Scielo), da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Google Acadêmico acerca da temática. O estudo teórico justifica-se no sentido de auxiliar a reflexão da prática profissional e trazer a possibilidade de construção de novas formas de intervir. Os resultados apontaram para uma forte influência das transformações sociais, em especial as dificuldades econômicas, estarem levando os avós a solicitarem a guarda de seus netos demonstrando que as famílias brasileiras precisam ser mais bem compreendidas na sua realidade para que os seus direitos sejam efetivados. Observou-se também que essa maneira de organização interfere no ciclo vital dos sujeitos e, conseqüentemente, nas relações familiares. O profissional precisa estar atento a essas mudanças para que sua prática consiga atender às demandas das famílias.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.